CRÉDITO CONSOLIDADO

Organize a sua vida financeira!

PEDIDO GRÁTIS E SEM COMPROMISSO

TAN desde 7,95% | Prazo de 24 a 84 meses | TAEG mínima de 9,8% e máxima de 13,9%

Ex: TAEG 9,8% e TAN 8,48% Montante 7.500€ Prazo 84 meses Mensalidade 119,99€ MTIC 10.211,16€

Crédito está sujeito à aprovação pelo parceiros da DIcas Vitoriosas Unipessoal Lda., intermediário de crédito vinculado registado no Banco de Portugal com o número 0005975. As condições apresentadas são uma mera simulação, podendo ser alteradas após uma análise dos dados do Consumidor e de, à data da celebração do Contrato de crédito já não vigorar a campanha na base da presente simulação. Esta não constitui nenhum parceiro da Dicas Vitoriosas Unipessoal Lda, na obrigação de celebrar Contrato de Crédito com o Consumidor.

Encontre a melhor solução de crédito

Com Crédito Consolidado JP Crédito e Seguros junte todos os seus créditos num só. Fique a pagar apenas uma única prestação, a um único banco, numa única data.

A consolidação de créditos permite reduzir as suas prestações mensais até 60%.

Se desejar poderá pedir um dinheiro extra para novos projetos.
Ao consolidar os seus créditos não fica “marcado” no Banco de Portugal.

Pedido de Crédito

Receção de Documentos

Contacto

O que é um Intermediário de Crédito?

Os intermediários de crédito são profissionais especializados em crédito, que o podem ajudar a encontrar a melhor solução de crédito para o seu problema. Seja ele crédito habitação, crédito pessoal, crédito automóvel, cartões de crédito ou até mesmo consolidação de créditos.

Estes profissionais trabalham em parceria com as várias instituições bancárias e Financeiras a nível nacional. Ou seja, se precisa de um crédito poderá recorrer a um intermediário de crédito autorizado. Desta forma terá as várias soluções dos bancos e financeiras num único local. Com a grande vantagem de ter um profissional especializado a comparar-lhe todas as propostas e a mostrar-lhe qual a proposta mais vantajosa para o seu caso em específico. Independentemente da instituição bancária ou financeira.

 

A JP Crédito e Seguros, registada com o nome Dicas Vitoriosas – Unipessoal Lda. NIPC 516 044 290, fundada em 2020, é uma empresa especializada em intermediação de crédito e Consultoria devidamente registada no Banco de Portugal com o n.º 0005975, e mediação de Seguros dos ramos vida e não vida registados na ASF.

Reduza as suas prestações até 60%

Reduza as suas Prestações até 60%

Outros Pedidos de Crédito

FAQ: Perguntas Frequentes

Para ter um crédito consolidado, deve: Simular o montante e prazo. Submeter os seus documentos. Comparar crédito de diversos bancos. Pedir a pré-aprovação do crédito.

O Banco confirma as informações, o crédito é aprovado e o dinheiro transferido para si
Os pedidos de crédito já podem ser feitos 100% online. Pode enviar os documentos por email e fazer a assinatura digital, o que permite ter aprovação mais rápida.

Para um crédito consolidado, deve apresentar os seguintes documentos:

Documento de Identificação: Cartão de Cidadão, Bilhete de Identidade ou Autorização de Residência;
Comprovativo de morada, como faturas das contas mensais (com menos de 3 meses);
Comprovativo de rendimento: Recibos de vencimento dos últimos 3 meses e a última declaração de IRS;
Comprovativo de IBAN: Número da conta para depositar o valor do crédito e onde serão debitadas as prestações;
Comprovativo de Responsabilidades de Crédito: Mapa de responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal atualizado

Há taxas de juro associadas aos créditos, mas o seu valor é diferente nas entidades de crédito. As taxas de crédito consolidado mais comuns são:

TAN: A Taxa Anual Nominal indica os juros do empréstimo e é obrigatória em todos os contratos de crédito.
TAEG: A Taxa Anual de Encargos Efetiva Global inclui os juros, as comissões, despesas de processo, e outros encargos. Por isso, a TAEG é a principal referência para comparar empréstimos;
MTIC ou Montante Total Imputado ao Consumidor: valor total do empréstimo, incluindo o capital e os juros;
Para comparar crédito, verifique a TAEG e a MTIC.
Os motivos mais habituais para recusar um pedido de crédito consolidado são:
Ter o nome no Mapa de Responsabilidades de Crédito (Lista Negra do Banco de Portugal);
Taxa de esforço demasiado elevada;
Mau histórico de pagamento em créditos ou cartões de crédito.
Mesmo que receba uma resposta negativa de um banco, o crédito pode ser aprovado por outra entidade financeira, já que os critérios de análise são diferentes em cada entidade.

©2023 JP Crédito e Seguros®. Todos os direitos reservados